Dúvidas Iniciais

1. O que é medição individualizada de água?

É uma forma de medir e apropriar individualmente, para cada unidade autônoma, o consumo de água em todos os tipos de condomínios existentes, sejam  estes residenciais, comerciais, verticais ou horizontais.

Em grande parte dos condomínios  existentes a companhia de abastecimento fornece  água somente por meio de um medidor único para o condomínio e, normalmente, as administradoras fazem o rateio do consumo de água pelo critério de fração ideal de cada apartamento.

Desta forma, cria-se uma injustiça, já que, por mais que alguém faça economia, esta não chega diretamente à pessoa,  pois a conta  acaba dividida por todos  igualmente. Da mesma maneira, aqueles que são grandes consumidores dividem seus custos com os outros. Se com a energia elétrica cada um é responsável pelo seu consumo, por que não pelo consumo de água?

Todos nós devemos ter a consciência de que a água é um bem da natureza e que tem sido tratada como se fosse infinita. Temos que ter a responsabilidade de preservá-la, porque não existe vida sem água.

O consumo de água está ligado ao número de moradores e hábitos de cada pessoa ou família. Estudos de casos reais nos mostram que, se analisarmos a média de consumo de um edifício de médio padrão em São Paulo, a variação de consumo pode ser algo como 16 m³ para um casal econômico e que viaja alguns finais de semana por mês, comparado a 57m³ para uma família de 4 pessoas, mas que recebem muitos convidados e lavam roupa de 3 a 4 vezes por semana.

2. O que é medição individualizada de gás?

É a forma de medir individualmente o consumo de gás. A Techem realiza a instalação do sistema e a gestão do consumo de cada unidade de um condomínio, bem como a comercialização do gasômetro (medidor de gás), equipamento aprovado pelos órgãos competentes, dentros das exigências da lei.

O Aparelho é dimensionado pela Techem em função da necessidade de cada consumidor e é indispensável para que o pagamento da conta de gás se torne mais justo, além de favorecer a preservação do recurso natural.

A medição individualizada de gás é recomendada para quem usa aquecedor de água de passagem. Desde 2005, os prédios já são preparados para realizar a medição individualizada de gás.

3. Posso contratar a medição individualizada de água para meu apartamento sózinho?

Não. A contratação de medição individualizada de água é uma decisão do condomínio e, portanto, é aprovada por meio de uma assembleia condominial, na qual deve constar como tópico específico. Um ou mais moradores podem requisitar ao síndico que inicie o processo, chamando a Techem.

5. Qual a tecnologia empregada?

A medição individualizada de água e gás é feita por transmissão de radiofrequência de contato direto sem cabos, o que permite que se faça a leitura do consumo dos equipamentos de maneira remota, com os melhores resultados, sem a necessidade de entrada nos apartamentos para acessar os dados de consumo.

6. Por que comparar empresas para fazer a medição individualizada antes de contratar?

Porque o comprometimento de seu fornecedor vai muito além de instalar o equipamento e enviar a fatura individual. Verifique os seguintes itens:

Segurança para o seu condomínio:

  • Confira a idoneidade e a situação jurídica da empresa contratada (contrato social, certidões atualizadas e etc;
  • Cheque os tipos de garantias que a empresa pode fornecer e
  • Analise a infraestrutura da sede da empresa e a capacitação de sua equipe.

Comprometimento com a qualidade do serviço e precisão da sua conta. Faça as seguintes perguntas:

  • A tecnologia do equipamento propicia a leitura sem erros ou desvios?
  • A leitura do consumo de água é feita na mesma data da concessionária e a soma do consumo total é igual à dela?
  • Os clientes da empresa estão satisfeitos com a fórmula de cálculo da conta?

7. Como é a instalação do sistema de medição individualizada de água?

Com a tecnologia de radiofrequência utilizada pela Techem, a instalação é rápida, pois não há a necessidade de obras para a passagem de cabos, compartimentos para concentradores, repetidores e ou outros meios de comunicação.

A instalação é composta por duas etapas: acesso à tubulação de abastecimento e instalação do medidor.

A instalação á feita de maneiras diferentes para prédios preparados e não-preparados.

Nos prédios mais novos, considerados como preparados, a instalação hidráulica é concentrada em um determinado ponto do apartamento, de fácil acesso para instalação dos medidores. Essa instalação pode estar localizada em abrigos no hall dos apartamentos, sob o forro de gesso ou ainda em cavaletes na área de serviço no interior do apartamento. Nesses prédios, a instalação ocorre em 20 minutos. Corta-se e esgota-se a água da tubulação para inserção do medidor e demais conexões necessárias, depois instala-se o rádio sobre o medidor.

Em prédios antigos, considerados como não-preparados, a distribuição de água geralmente ocorre em diversos pontos do apartamento, nas chamadas prumadas, instaladas no interior das paredes, o que dificulta o acesso. Nesses prédios, a instalação ocorre em 1 hora e 20 minutos.

Providencia-se o acesso à tubulação de abastecimento de água, por meio de um pequeno corte na parede (15cm x 30cm), corta-se e esgota-se a água da tubulação para inserção do medidor e demais conexões necessárias. Depois instala-se o rádio sobre o medidor e acopla-se a tampa do abrigo.

8. Como e por quem é feita a leitura do consumo de água e gás?

A leitura é realizada por um leiturista da Techem, sem a necessidade de entrada no apartamento, nem a presença do morador. Caso haja dúvida em relação ao consumo de água, o usuário pode anotar seu consumo no dia da leitura da concessionária e comparar quando vier a conta via boleto ou via Portal do Cliente, desde que cadastrado.

9. Só condomínios novos podem ter medição individualizada?

Na realidade, todos os condomínios podem ter a medição de consumo de água individualizada por unidade. A tecnologia para isto já existe, o que evita, desta forma, a segunda opção, que seria uma grande obra em cada apartamento. A obra teria como objetivo a junção de diversas prumadas em uma só, a qual passaria, assim, a ser controlada por meio de um único medidor.

A tecnologia, líder mundialmente, é a transmissão via rádio, sem cabos interligando medidores e rádio. É conhecida pela precisão, confiabilidade, e por estar em operação há 15 anos.

No apartamento, a intervenção é um pequeno retângulo de 15 cm x 30 cm, onde o medidor é instalado em menos de uma hora. Não existe a passagem de cabos, seja de energia ou de rede para a transmissão dos dados.

10. Como é feita a cobrança dos serviços da Techem?

Os serviços da Techem entram nos valores mensais do condomínio, como despesas ordinárias. Importante destacar que esse valor é somente do serviço prestado pela Techem e não do consumo dos recursos de água e gás. A Techem não recebe qualquer valor referente ao seu consumo, o qual é pago diretamente à administradora.

11. Como funciona o Portal do Cliente?

O Portal do Cliente permite que cada morador possa se cadastrar e acessar os dados de consumo de sua unidade. Fica disponível o volume consumido (em m3) e respectivos valores (em R$) dos últimos 13 meses. Os dados são referentes ao consumo de água e de gás. Também ficam disponíveis os índices de cada medidor e, desta forma, pode ser checado no dia de leitura qual o índice dos medidores para sua tranquilidade. A informação do consumo médio de seu edifício também pode ser usada para um comparativo da média geral de seu prédio.

12. Quais os benefícios da adoção do Sistema?

A preocupação com a escassez dos recursos naturais é hoje prioridade nas economias mundiais, o que torna a medição individualizada essencial para o consumidor em especial, e para a sociedade em geral. 

Para o síndico

  • Contas elaboradas com rapidez;
  • A Techem é a fonte de comunicação para as demandas de seus condôminos;
  • Facilidade de faturamento e
  • Não há a necessidade de algum funcionário do condomínio ter de operar o sistema; a Techem é responsável por todo o processo.

Para a administradora

  • Atendimento às dúvidas dos moradores diretamente pela Techem;
  • Envio dos dados prontos para cobrança aos moradores;
  • Envio dos dados em formato TXT, dos maiores softwares do mercado de Administradoras, podendo ser importados, evitando redigitar os dados de cada unidade e
  • Confiabilidade e segurança na coleta de dados.